top of page

MENU

Ilha de Inhaca, um lugar como nenhum outro

Inhaca é uma Ilha pequena de 42 Km2 com um alto nível de biodiversidade constituído por cerca de 12 mil espécies registadas, incluindo quase 150 de corais, 300 de aves e quatro de tartarugas que nidificam nas suas praias. É protegida por lei através da categoria de reserva integral, abrangendo também a extinta Ilha dos Elefantes e actual Ilha dos Portugueses que se localiza nas suas proximidades como parte deste arquipélago composto por duas Ilhas.


A Ilha da Inhaca está situada à 32 Km da entrada da baía de Maputo, sul de Moçambique estendendo-se no sentido norte-sul com 12,5 km, tendo como limites a Ponta Mazondue, a norte, e a Ponta Torres, a sul. De este a oeste ocupa uma distância de 7 km do distrito Municipal KaNyaka, do Município da Cidade de Maputo.


Geologicamente, acredita-se que a Ilha da Inhaca seja uma continuação da península de Machangulo, que, com o decorrer do tempo formou-se uma divisão entre a península e a Ilha, agora chamada por "Hells Gate" (traduzido do inglês, "Porta do Inferno") pelos turistas. A forma física da Ilha da Inhaca assemelha-se a letra “N” em itálico, onde destacam-se três saliências nomeadamente a (Ponta Ponduíne, Ponta Torres e Ponta Mazonduè) e uma reentrância ou enseada, o Saco da Inhaca.  


Existe nesta Ilha o Monte Inhaca com cerca de 104 metros de altura onde se localiza o farol, deste ponto é possível contemplar todos os encantos e contornos do belo paraíso, de grande importância turística, científica e social, com cobertura vegetal natural e dunas parabólicas esplêndidas com elevada diversidade florestal. .


Esta parcela da Cidade de Maputo possui vários locais de interesse para conservação como é o caso da reserva florestal de Inhaca, a reserva parcial marinha de Inhaca, ambos sob gestão da Estacão da Biologia Marítima da Ilha de Inhaca (EBMI), tutelada pela Universidade Eduardo Mondlane, bem como parte do Parque Nacional de Maputo. A estação de Biologia opera como Museu devido ao rico acervo de informação e espécies que apresenta.


A Ilha da Inhaca é palco de mergulhos e/ou “snorkelling”  como na Ponta Torres   e Barreira Vermelha, a partir dos quais pode se contemplar os recifes de coral e a sua rica biodiversidade. Existe ainda uma lista de praias extraordinárias sendo de destacar a praia de Ngomela, Farol, Ilha dos Portugueses, Santa Maria e a Estação de Biologia Marítima da Inhaca.


A Ilha dos portugueses e a Ponta Torres, permitem a realização do campismo, podendo passear a pé e sentir os esfarelados leves grãos de areia quente. As praias de Inhaca apresentam águas limpas e livres de poluição, revestidas de ervas marinhas que constituem alimento das quatro espécies de tartarugas marinhas e dos dugongos, que muitas vezes podem ser vistas ao redor da Ilha. Estes prados, na maré baixa, são um terreno de caça interessante a muitos moluscos, equinodermos e caranguejos que se abrigam entre e sob as folhas e caules.


Para além das espécies acima indicadas, na Inhaca podem -se contemplar golfinhos, baleias, várias espécies de peixes, moluscos, crustáceos alguns dos quais habitantes dos recifes de coral.  O ecossistema terrestre por sua vez apresenta dunas com uma diversidade de flora e fauna  e as florestas de mangal que são habitat e berçário de várias espécies de crustáceos, peixes, entre outras.

      

As marés da Ilha da Inhaca são tais que, nas marés vazias, uma grande extensão de praia fica exposta propiciando a colecta de invertebrados pelos membros das comunidades, maioritariamente mulheres ao longo dos prados das ervas marinhas e plataformas rochosas. Esta maré, propicia também, a pesca a linha por parte de alguns pescadores de profissão e/ou eventuais.


Por outro lado, a Ilha dos Portugueses tem sido uma paragem obrigatória para os viajantes de cruzeiro para in loco contemplar as maravilhas desta pequena parcela do arquipélago Com elevada instabilidade, a Ilha dos Portugueses sofre reduções a cada ciclone nesta região. Porém, apesar dos seus escassos quilómetros, pode ser encontrada uma pequena laguna onde existe uma formação coralina de grande beleza e relativamente protegida.


 

Yorumlar


bottom of page