Educação e Informação Ambiental (ProInfo)

1. Fundamentação O Programa de Informação e Educação Ambiental constitui o veículo por excelencia através do qual o rosto e a voz do CTV se manifestam. É também por via deste programa que as contribuições da instituição para o alargamento da informação e conhecimentos do público sobre gestão e sustentabilidade ambiental são canalizados para os destinatários, com especial preocupação para os destinatários das zonas rurais, normalmente marginalizados no acesso e uso de informaçoes ambientais. A área de Educação Ambiental procura criar oportunidades para a discussão de temas de interesse nacional, através de debates e mesas redondas, assim como a canalização de esforços para apetrechar os decisores governamentais de conhecimentos e capacidades de liderar o processo de desenvolvimento sustentável nacional a todos os níveis, tornaram o CTV numa referencia nacional nesta área.

2. Educação ambiental As actividades do CTV nesta componente priorizam as seguintes intervenções: a) Organização de Debates Públicos Ambientais, Mesas Redondas e outros eventos educativos; b) Intervenção sobre questões ambientais e direitos da criança nas escolas, com enfoque para Raparigas, Rapazes e Professores; c) Organização de cursos de capacitação sobre gestão e legislação ambiental para os mais diversos actores, com destaque para Parlamentares, Membros do Governo a todos os níveis; Sector Privado; organizações da sociedade civil, comunidade locais e público em geral; d) Elaboração de manuais, guioes, ediçoes e artigos científicos, documentos para discussão e outros materiais de educação ambiental.

3. Informação Ambiental As actividades da componente de disseminação de informação ambiental incidirão o seguinte: a) Realização da Campanha Terra II; b) Produção e divulgação do Boletim Informativo Terra Viva (TV); c) Produção de programas radiofónicos e televisivos de educação e consciencialização ambiental; d) Edição periódica da página de internet do CTV; f) Produção e divulgação dos "Minutos Terra Viva e nos órgãos de Comunicação Social; g) Produção de documentários temáticos; h) Capacitação e assessoria a jornalistas, especialmente das Rádios Comunitárias, sobre matérias ambientais.